DVP

Sistema de DVP – existem sistemas adequados para crianças e idosos, conforme especificação de pressão da DVP

É feita um incisão abdominal até encontrarmos o peritôneo, membrana que recobre as vísceras e que possui alta capacidade absortiva. Um túnel é feito da incisão abdominal até uma segunda incisão no crânio, por onde passará o fino tubo que desviará o líquido em excesso da cabeça. Um pequeno orifício é feito no crânio para que possamos atingir os ventrículos com um catéter. Todo o sistema é conectado. O procedimento demora cerca de 50 minutos.
image

    • Franz Onishi says:

      Para analisar seu quadro, precisamos realmente entender o processo pelo qual está passando. Agende uma consulta para que possamos conversar melhor!

    • Franz Onishi says:

      Ola paulo,
      Temos experiência com derivação lombar peritoneal sim. Usamos em situações de pseudotumor cerebral, neurocriptococose entre outros. Agende umaconsulta para que possamos conversar melhor!

    • Franz Onishi says:

      Costumamos usar valvulas de pressão ajustável, pois temos a possibilidade de programar a válvula conforme a evolução do paciente.

  1. julio trindade says:

    Bom dia… ja fiz trez instalcao de dvp em 2 anos mas tive serias complicacoes. Rompimento do peritonio com perfuracao do intestino. Miningeti. E mal funcinamento do sistema.minha pressao craneana e de 85 a 107 . Atualmente estou sem valvula por infecao. Mas nao aguento maiis de dor. Estou perdendo a visao . Trato com a equipe do dr. Eberval do hc e b. Portuguesa mas so posso fazer nova cirurgia apos a mininge acabar mas nao aguento .mais me ajude .. julio

    • Franz Onishi says:

      Olá Julio, deve realmente melhorar primeiro o quadro de infecção para que possa ser instalada uma nova válvula. Hoje existem válvulas cujo cateter apresenta impregnação com antibiótico de liberação lenta, que diminui as chances de infecção.

  2. Monique Lirgiê says:

    Boa noite. A minha última válvula aos 7 anos de idade. Estou com 27 anos e sinto dores musculares que percorrem todo o caminho da válvula. O meu médico disse que há um alto índice de infecção na tentativa de emendá-la ou trocá-la. O recomendado é que eu mantenha o meu peso adequado.

  3. julio trindade says:

    Boa noite …. conforme relato anterior estou aguardando melhora meningite para instalação dvp mas minha dor muito forte me receitaram oxocodona de 20 m de 8/8 h faz muito mal meus rins dói muito além deste uso tramela 100 6/6 h dimox d 250 de 8/8 lasix de 12/12 … retiro LRC semanal com manometria … teria algum outro medicamentos ou tratamento para P.I.C elevada com medidas acima dos 85 … já chegou até 110. Fonte da coleta .. laboratório espina França SP.. . Aguardo resposta é muito obrigado . Julio

  4. Leonardo de Oliveira Aves says:

    Dr Franz bom dia,
    meu nome e Leonardo de Oliveira Alves,eu tenho uma filha de 20 anos que sofreu um acidente de transito(atropelamento)e teve que fazer a craniotomia do lado esquerdo,e ela depois do acidente teve hidrocefalia,estamos no momento com uma DVE para dreno do lico,mais antes ela já tinha colocado a DVP(foi retirada devido a infecções)a pergunta e o seguinte:
    a necessidade de fazer a cranioplastia antes de colocar a DVP buscando a equalização da pressão craniano uniforme, para se ter uma drenagem melhor.
    desde já agradeço.

    • Franz Onishi says:

      Olá Leonardo,
      Geralmente quando temos a craniectomia e a hidrocefalia, a área cerebral fica entumecida, e a cranioplastia fica difícil de ser realizada. O habitual é tratar a hidrocefalia primeiramente para diminuir a tensão da área da craniectomia, ela costuma até ficar bem afundada depois disto, e somente após a DVP, indicamos a cranioplastia.

  5. ezequiel negreiros says:

    Dr Franz bom dia .
    uso DVP sem válvula a 8 anos , devido á um trauma ( acidente de transito )
    EXISTE UM PRAZO PARA USAR O APARELHO ?
    ou já está na hora de tirar ( sinto as vezes algums incômodos )
    aguardo a resposta / obrigado !

    • Franz Onishi says:

      Ola
      Deve se basear principalmente em sintomas Ezequiel. A necessidade ou não de realizaçõa de exames está associada a sintomas como dor de cabeça, náuseas, febre entre outros.

  6. Stephanie says:

    Boa noite Dr. Franz, meu noivo foi submetido a uma cirurgia no cerebro por conta de um tumor, isso em 2010, e na época colocou uma DVP, só que agora ele começou a ter dores abdominais proximas a derivação e um medico viu que ele está com uma infecção. Ele irá procurar seu neuro para fazer a retirada. Minha dúvida é se esse procedimento para retirada é muito complexo?

    • Franz Onishi says:

      Pode ser complexo Stephanie.
      Se ele precisar da válvula, pode ser que tenha que ficar com uma derivação temporária.
      Pergunte ao médico se não há possibilidade de realização de endoscopia cerebral, este tipo de procedimento livra o paciente do uso de válvulas.
      Qualquer dúvida estamos a disposição

      Ligue (11) 3565-0595

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>